sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Encceja: caminho para certificação de conclusão para jovens e adultos

A última edição no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) trouxe uma novidade para os estudantes. Desde aquela edição o ENEM deixaria de oferecer a jovens e adultos a opção de conquistar o certificado de conclusão do Ensino Médio por meio de sua pontuação nas provas. Esse grupo de estudantes terão, a partir deste ano, de realizar o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) para conseguir a deseja certificação.
Essa mudança marca um novo modo de avaliar os estudantes, partindo de provas mais adequadas para esse público. Também continua sendo oferecida a certificação relativa ao ensino fundamental para aqueles que têm a partir de 15 anos de idade. 
O participante poderá solicitar a certificação ou o aproveitamento dos resultados de uma ou mais áreas de conhecimento avaliadas em edições anteriores do Encceja ou do Enem. A emissão dos documentos certificadores no estado (Certificado e Declaração de Proficiência) é de responsabilidade da Secretaria de Educação do RN. 
As inscrições para o exame iniciam no próximo dia 7 de agosto e serão encerradas no dia 18 do mesmo mês. Os interessados deverão acessar o site do Encceja, no período da inscrição, preencher todos os dados e aguardar o dia da realização das provas, 8 de outubro. Os detalhes da inscrição podem ser conferidos no Edital do Encceja cliicando aqui e a retificação do texto publicada no último dia 3 de agosto aqui
As cidades de Assú, Caicó, João Câmara, Mossoró, Natal e Pau dos Ferros serão polos de realização de provas, sendo que os candidatos não podem trocar de cidade após assinalar qual deseja realizar o exame. 
O Encceja Nacional está em sintonia com as metas, em especial a meta 5, do Plano Estadual de Educação do RN. As áreas do conhecimento que serão avaliadas estão respaldadas no currículo da Base Nacional Comum Curricular, de acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs). Para quem desejar alcançar a certificação do Ensino Fundamental, o interessado deve ter competências nas áreas de língua portuguesa, língua estrangeira, artes, educação física, redação, matemática, ciências naturais, geografia e história. Já os que buscam o diploma de Ensino Médio, terão que ter habilidades nas mesmas áreas de conhecimento do ENEM. 
O site do Encceja disponibiliza vasto conteúdo de estudo para as provas. Os arquivos disponíveis são compostos por um volume introdutório, quatro volumes de orientações aos professores e oito volumes de orientações aos estudantes (quatro para o Ensino Fundamental e quatro para o Ensino Médio). Tenha acesso ao material clicando aqui. 

Educação Cidadã é tema de segundo seminário estadual de ensino

Setembro é o mês da cidadania. Atenta a essa data, a Secretaria de Educação do RN em parceria com o Programa Brasileiro de Educação Cidadão  (PROBEC) realiza o Setembro Cidadão, ampla jornada de atividades que trabalham desde as características de uma gestão democrática aos princípios de convivência. Dentro das ações que marcam o mês, será realizada a 2ª edição do Seminário Estadual de Educação Cidadã, nos dias 5 e 6 de setembro.
As atividades do evento serão realizadas no auditório master da Escola de Governo. Localizada no Centro Administrativo do Estado, em Natal (RN). A organização está distribuída em forma de Conferências e mesas-redondas com a participação de alunos, professores, gestores, servidores da rede estadual de Educação, parceiros de instituições públicas e privadas do RN e todos os cidadãos que desejem participar. 
Gestores, coordenadores pedagógicos, profissionais que atuam nas Diretorias Regionais de Educação e Cultura e que trabalham no órgão central da SEEC podem fazer sua inscrição nos links abaixo. Os demais interessados devem entrar em contato com a equipe responsável pelo evento pelo telefone: 3232-1363.
O II Seminário Estadual de Educação Cidadã tem como objetivo principal favorecer, através da Educação a da compreensão da realidade e da participação social, o desenvolvimento e a capacidade de posicionamento diante das dificuldades que interferem no equilíbrio da boa convivência social.  “Assim, algumas diferenças sociais podem e devem ser diminuídas, também, através da propagação de condutas responsáveis com práticas cidadãs”, declarou professor João Maria Mendonça, coordenador geral do Setembro Cidadão.
Ao final do seminário, os certificados serão entregues mediante confirmação da inscrição do participante e registro da assinatura do participante através da lista de frequência. As declarações de comparecimento serão distribuídas no dia do seminário. 
A programação do seminário pode ser conferida clicando aqui

Programa de Gestão para a Aprendizagem é implantado no RN

Desde o último dia 20 de fevereiro, a Rede Estadual de Educação de Rio Grande do Norte faz parte do programa Gestão para a Aprendizagem. A iniciativa da Fundação Lemann tem foco em gestão pedagógica e oferece apoio personalizado para a secretaria, além de uma série de formações gratuitas para os gestores escolares.
Com até três anos, o programa ajuda no desenho de estratégias integradas - apoiando desde a secretaria até a sala de aula. Assessoria personalizada, formações para diretores e coordenadores escolares e formações em didáticas específicas de português e matemática são frentes de trabalho desenvolvidas.
“Estou muito feliz porque a nossa expectativa era grande. Precisamos de iniciativas para fortalecer o Ensino Fundamental e temos certeza que a parceria com a Fundação Lemann será determinante para o cumprimento de mentas do Plano Estadual de Educação”, ressalta a secretária de educação do estado Cláudia Santa Rosa.
O objetivo do Gestão para a Aprendizagem é ter impacto na sala de aula e nos resultados de aprendizagem: "Como o programa envolve desde os profissionais da Secretaria de Educação até os diretores, coordenadores pedagógicos e professores, a atuação dos nossos consultores e formadores é sistêmica e tem maior potencial de transformação e perenidade", conta Denis Mizne, diretor executivo da Fundação Lemann.

Jovem de Futuro chega às escolas estaduais potiguares

Partindo do pressuposto que a gestão escolar desempenha papel central na organização e articulação dos processos de aprendizagem, o Instituto Unibanco disponibilizará para um grupo de escolas estaduais o programa Jovem de Futuro (JF), uma tecnologia educacional concebida para o aperfeiçoamento contínuo da gestão escolar orientada para resultados de aprendizagem.
O objetivo do Jovem de Futuro é melhorar a qualidade do Ensino Médio, por meio da promoção da gestão escolar orientada para resultados. Para isso, o programa está estruturado em cinco eixos: Assessoria técnica (definição de metas por escola com articulação estratégica para um alcance coletivo de resultados de aprendizagem e implantação do Circuito de Gestão nas escolas com engajamento dos atores escolares); Formação (disponibilização de conhecimentos teórico-técnicos e instrumentais utilizando estratégias de mobilização dos atores das diversas instâncias do sistema estadual de ensino); Sistemas (disponibilização de sistemas virtuais que dão suporte para os outros eixos); Monitoramento e avaliação (análise continua da implementação, pesquisas de resultados e análise de impacto) e Comunicação (Plano estratégico com política de relacionamento, produtos e ferramentas de divulgação e mobilização).
A parceria entre a SEEC e o Instituto Unibanco prima pela melhoraria da qualidade do ensino médio da rede pública estadual por meio da promoção da gestão escolar orientada para resultados, onde a participação no projeto auxilie as equipes gestoras a ampliarem o olhar, o cuidado e as intervenções no campo da gestão estratégica e da gestão de processos da rotina da escola, a fim de produzir impactos efetivos na qualidade da oferta educativa.

Tempo Integral faz parte da nova realidade da Educação do RN

“O ensino em tempo integral é uma proposta ousada e que pode revolucionar a Educação do Rio Grande do Norte”. A declaração do diretor da Escola Estadual Tristão de Barro, no município de Currais Novos, Jaire de Freitas Araújo, que representa o sentimento de todos os envolvidos na implantação dessa nova proposta de ensino da Secretaria de Educação do RN. 
A coordenadora pedagógica da 12ª DIREC, no município de Mossoró, Geruza Gomes de Morais disse que a Secretaria de Educação teve a preocupação de convocar todos os setores para debater essa nova fase na Educação do RN. “Isso é muito bom, pois é importante que todos compreendam o seu papel dentro da escola. Durante muitos anos o ensino do RN ficou visto com algo doente. Hoje vemos o esforço da SEEC em reestruturar nossa Educação e para isso temos que caminhar juntos para uma gestão de resultados”, declarou. 
Segundo Geruza, o ensino médio passou por momentos difíceis, mas hoje recebe uma atenção especial por parte da Educação do Estado. “Embora o tempo integral seja algo novo - iniciado em março deste ano -, percebemos essa vontade de fazer com que dê certo. Vi isso por toda parte, especialmente no gabinete da secretária Cláudia Santa Rosa. A atenção e agilidade com que nos atendem faz toda a diferença. Isso tem mudado o perfil de professores, gestores, pois todos assumiram sua responsabilidade nesse processo de implantação. Estão motivados para fazer com que os jovens sejam os grandes protagonistas desse modelo de ensino”, declarou. 
O diretor da Escola Estadual Tristão de Barros, Jaire de Freitas Araújo declarou, durante formação destinada aos profissionais que atuam com o tempo integral, sentir que sua equipe está no caminho certo. “Costumo dizer que não temos problemas na escola, temos desafios e isso nos dá motivação. Essa é a primeira formação para gestores e está sendo muito importante. Durante as palestras, percebi que o trabalho que estamos executando lá em Currais Novos está alinhado com o que a Secretaria de Educação orienta. Esperamos continuar com esse apoio da SEEC para que possamos dar continuidade ao projeto”, declarou. 
A representante da equipe de implantação da Educação em Tempo Integral, Lourdes Julião declarou que esse modelo novo e dinâmico de ensino tem como principal objetivo levar os jovens do Rio Grande do Norte a alcançar seu projeto de vida e de excelência acadêmica. “Para que isso seja possível, estamos formando esses profissionais para que se apropriem dos fundamentos técnicos e práticos dessa nova proposta de ensino. É uma metodologia de sucesso”, concluiu. 
PARCEIROS 
Para que o ensino em Tempo Integral fosse uma realidade, a Secretaria de Educação conta com o apoio de alguns parceiros. São eles o Instituto de Corresponsabilidade pela Educação (ICE) e Institutos Sonho Grande e Natura. Todo trabalho de implantação das 18 Escolas e dos Centros de Educação Profissional em Tempo Integral faz parte de uma ação do Programa de Fortalecimento das Escolas de Ensino Médio do RN (Promédio).

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Escolas de Tempo Integral estão com vagas abertas para professores

Os professores efetivos da Rede Estadual de Educação podem fazer parte do grupo de educadores que atuam no Ensino Médio de Tempo Integral. A SEEC busca professores que desejem participar desse novo momento da educação potiguar. 
Os interessados devem ter um ou dois vínculos efetivos e disponibilidade para trabalhar em tempo intergral (matutino e vespertino) na mesma escola, com dedicação exclusiva. 
Para os professores com um vínculo, o educador terá como vantagens o pagamento de 10 horas suplementares, 30% de gratificação calculada sob o vencimento base, formações com foco no desenvolvimento profissional e possibilidade de contato com metodologia inovadora de ensino. Os profissionais com dois vínculos terão a oportunidade de atuar em uma única escola, contando com apoio pedagógico, formações e metodologias inovadoras. 
As vagas são para assunção imediata. Os interessados devem enviar email para promedioeti.rn@gmail.com contendo as seguintes informações: nome, matrícula, telefone, cidade e disciplina de interesse. O grupo responsável pela seleção entrará em contato com mais informações, somente por e-mail. 
Confira as escolas com vagas disponíveis: 
1ª DIREC – NATAL
- EE Professor Hélio Xavier de Vasconcelos - Extremoz: FÍSICA e ESPANHOL
- EE Winston Churchill - Natal: MATEMÁTICA
- EE Prof. João Faustino Ferreira Neto - Natal: SOCIOLOGIA
- EE de Tempo Integral Prof. Reginaldo Teófilo - Natal: COORDENADOR PEDAGÓGICO, SOCIOLOGIA, FÍSICA, LÍNGUA PORTUGUESA, LÍNGUA INGLESA, QUÍMICA e ARTE.
- EE José Moacir de Oliveira - São Gonçalo do Amarante: COORDENADOR PEDAGÓGICO, LÍNGUA PORTUGUESA E GEOGRAFIA
2ª DIRED - PARNAMIRIM
- EE Dom Nivaldo Monte – Parnamirim: MATEMÁTICA
6ª DIRED - MACAU
- EE Prof. Maria Rodrigues Gonçalves - Alto do Rodrigues: FÍSICA, LÍNGUA ESPANHOLA, MATEMÁTICA, LÍNGUA INGLESA,
FILOSOFIA e ARTE
8ª DIRED - ANGICOS
- EE Prof. Francisco Veras - Angicos: ARTE
12ª DIRED - MOSSORÓ
- EE Des. Silvério Soares - Areia Branca: MATEMÁTICA e LÍNGUA PORTUGUESA
- EE Francisco Antônio de Medeiros – Mossoró: FÍSICA, QUIMICA, LÍNGUA
14ª DIRED - UMARIZAL
- EE 11 de Agosto – Umarizal: FÍSICA, MATEMÁTICA e BIOLOGIA 
16ª DIRED – JOÃO CÂMARA
- EE Estudante José Francisco Filho - Poço Branco: FÍSICA, MATEMÁTICA, LÍNGUA INGLESA e QUÍMICA 

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Aulões para o ENEM do Projeto #QueroAprender chegam a Mossoró neste sábado

Dando continuidade as ações do Projeto #QueroAprender, a partir deste sábado (29) milhares de estudantes da Rede Estadual de Educação, de todas as regiões do RN, participarão de aulões preparatórios para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Iniciados no último dia 15, no Centro de Convenções de Natal, com a participação de dois mil alunos, os aulões do Projeto #QueroAprender serão realizados a cada 15 dias até a véspera do segundo dia de provas do ENEM, a ser realizado em novembro.

Na cidade de Mossoró, na área da 12ª DIREC, o aulão será ministrado neste sábado, 29/07, a partir das 8h da manhã na quadra de esportes do Colégio Estadual Jerônimo Rosado.

Para a secretária de Educação, professora Cláudia Santa Rosa, a ampliação dos aulões representa uma aposta do Governo do RN nos estudantes: "Sabemos do potencial dos jovens e nos resta criar as condições para que se preparem e sejam felizes em seus projetos de vida que envolvam um bom desempenho acadêmico".

Até o final dos aulões, o estudante terá estudado todas as áreas de conhecimento que são cobradas no ENEM, sendo elas: Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Códigos e Matemática.  Os alunos também contarão com aulas de Redação. As datas dos aulões podem ser conferidas na fanpage da SEEC e na do Projeto #QueroAprender no Facebook.

Além disso, os alunos podem acompanhar conteúdos exclusivos apresentados no programa Conexão ENEM, exibido pela TV Assembleia, por meio da fanpage do projeto, no Facebook, e, ainda, pelo blog www.conexaoenem.com.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Governo do Estado convoca 63 professores temporários

Governo do RN, por meio da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura, realiza a convocação de 63 professores temporários para atender a Educação Profissional. 

A lista dos convocados está publicada na edição da terça-feira (25), no Diário Oficial do Estado


A SEEC acrescenta que, na edição desta quarta-feira (26), serão convocados mais 623 professores temporários da Base Comum com o objetivo de atender as necessidades existentes nas 16 Diretorias Regionais de Educação e Cultura (Direcs). A listagem estará disponibilizada no Diário Oficial do Estado e no site da SEEC.

Os candidatos terão trinta dias, a partir desta publicação, para se apresentarem nas Direcs para as quais se inscreveram com a documentação exigida no Edital.

Os candidatos devem no ato de apresentação portarem os seguintes exames médicos necessários: atestado de sanidade mental (válido por trinta dias); hemograma; glicemia em jejum; sumário de urina com sedimentoscopia; parasitológico de fezes (válido por 90 dias). As candidatas gestantes devem apresentar laudo de ginecologista atestando estarem isentas dos exames de radiologia. Os professores devem também portarem com validade de 6 meses documentos de eletrocardiograma com parecer de um cardiologista, e o raio x do tórax em PA e Perfil com laudo de um radiologista. 

Os candidatos com idade igual ou superior a 45 anos do sexo masculino devem apresentar dosagem PSA; citologia oncótica para candidatos do sexo feminino, com parecer de médico ginecologista; mamografia para o sexo feminino com idade igual ou superior a 45 anos com parecer de médico mastologista.  

Também são exigidos dos candidatos o diploma de conclusão de curso com habilitação para o cargo, devidamente registrado por órgão competente, e os documentos pessoais: cópia de cédula de identidade, cópia de cadastro de Pessoa Física – CPF, comprovante de residência, cópia do título de eleitor e declaração de quitação eleitoral, cópia da certidão de reservista (sexo masculino), cópia de CTPS – Carteira de Trabalho e Previdência Social (página com foto – frente e verso e todos os contratos de trabalho assinado  e a seguinte em branco, cópia do PIS ou PASEP, cópia de certidão de nascimento ou casamento, Atestado de Saúde Ocupacional (ASO) - habilitando o candidato para o exercício do cargo, expedido por Médico do Trabalho.

Devem também apresentar o número da conta bancária e agência em nome do titular da conta (conta do Banco do Brasil), certidão negativa de antecedentes criminais expedidas pelas Justiça estadual e federal, assim como, pela Polícia Civil da localidade em que o candidato possuir residência nos últimos cinco anos. 

Gestão da SEEC realiza audiência com dirigentes do SINTE/RN

Debatendo questões administrativas e pedagógicas, a secretária Cláudia Santa Rosa recebeu comissão formada pelos diretores do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (SINTE/RN) no final da manhã desta terça-feira (25). A reunião aconteceu no gabinete da titular, na sede central da Secretaria de Educação do RN, no Centro Administrativo do Estado, em Natal.

A professora Cláudia Santa Rosa abriu a reunião apresentando os seis programas que a SEEC está executando, abraçando as áreas prioritárias atendidas pela Rede Estadual de Ensino, zelando pelo cumprimento do Plano Estadual de Educação: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Alfabetização, Gestão, Manutenção das escolas e Valorização dos servidores, este último por meio de um conjunto de ações nos eixos formação, qualidade de vida, carreira, salários.

A secretária ainda lembrou que a SEEC vem realizando diversas parcerias com institutos e fundações, a custo zero para o Estado, que tem atividades em todo o Brasil. “Estamos buscando as melhores parcerias que venham a somar com nossos programas. Tudo o que acontece hoje está no âmbito de um programa específico próprio da secretaria de Educação”, destacou Santa Rosa. Ficou definido que, em uma reunião próxima, seria apresentado ao SINTE um panorama de todas as parcerias e projetos em desenvolvimento.
Outro ponto bastante discutido foi a infraestrutura das escolas. Auxiliando a secretária na condução da audiência, o subsecretário de Educação Marino Azevedo apresentou os encaminhamentos das últimas obras que a SEEC vem realizando para a melhoria estrutural de várias unidades de ensino. “Nos próximos dias irei a cinco escolas, acompanhado das construtoras, para darmos início às respectivas obras”, disse Marino. Além dessas, dezenas de projetos estão em execução. “Vamos formar equipes que façam vistorias e manutenções periódicas em nossas escolas”, encerrou o subsecretário.

Mudanças na organização do espaço físico da SEEC foram debatidas na audiência. Sobre isso, os gestores da SEEC informaram que todos os ambientes da pasta passarão por intervenções a fim de personalizar o atendimento e reunir, em espaços específicos, as áreas administrativas, pedagógicas e financeiras da casa, melhorando o fluxo interno da pasta.
Sobre as aposentadorias, a SEEC informou que está digitalizando os documentos funcionais dos servidores para agilizar a conferência de dados tanto por parte dos servidores como para os órgãos que deles necessitam, como o Instituto de Previdência dos Servidores Estaduais (IPERN). Outra demanda levantada foi a implantação de uma nova letra de progressão salarial. Sobre isso, foi informado que a Secretaria de Educação está estudando a demanda e que aguarda dotação orçamentária.

Tanto a SEEC como o SINTE entraram em entendimento que uma segunda reunião será realizada para detalhar algumas pendências e encaminhamentos da classe sindical. A reunião será realizada nas próximas semanas. Além dos citados, estiveram presentes a subcoordenadora de Ensino Médio, Geralda Efigênia, representantes da Coordenadoria dos Órgãos Regionais de Educação (CORE) e da Coordenadoria de Administração de Pessoal e Recursos Humanos (COAPRH).

terça-feira, 25 de julho de 2017

Nota de Pesar pelo falecimento de Solange Gameiro

A Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do RN lamenta, com profundo pesar, o falecimento da diretora da Escola de Dança do Teatro Alberto Maranhão (EDTAM), a educadora Solange Gameiro. 

Com mais de 30 anos de vida dedicados ao ensino da dança, a professora Solange foi coordenadora do grupo de balé clássico da EDTAM, contribuindo para a formação de muitos jovens dançarinos e grupos de dança. 

A SEEC presta as mais sinceras condolências à família, amigos e a comunidade artística do Rio Grande do Norte. 
Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do Rio Grande do Norte 

ALUNOS DA REDE PÚBLICA DO RN VIAJAM PARA REPRESENTAR O BRASIL EM FEIRA EM LONDRES





Dois estudantes e um professor da rede estadual de ensino embarcaram hoje para Londres, na Inglaterra, onde participam do LIYSF – Fórum Científico Juvenil Internacional de Londres, que é organizado pela universidade Imperial College, em Londres na Inglaterra, este ano  acontecerá sua 59º edição.

Este fórum é o evento mais importante da categoria – que inclui a produção de projetos de iniciação científica por estudantes de escolas públicas de 65 países. O evento tem duração de 15 dias. A programação do LIYSF também envolve a vivência nos ambientes reais de pesquisa, tanto nas Universidades como nas Empresas, através de uma série de visitas.

Um dia é reservado aos centros de pesquisa do próprio Imperial College, outro a instituições sediadas em Londres, outro para instituições nacionais e empresas (Airbus, Rolls Royce, Sygenta) e um dia é reservado para visita às Universidades de Oxford e Cambridge.

A seleção dos projetos para a Feira de Londres ocorreu  durante a Feira 2016 que anualmente a UFERSA em parceria com a SEEC/RN,  organiza em apoio as feiras de ciências nas escolas públicas estaduais e municipais, por meio do projeto Ciências para Todos no Semiárido Potiguar.  

Participam da LIYSF o professor Marcos Nunes (8ª DIREC - Angicos) e os estudantes Jandson Nunes (12ª DIREC- Mossoró) e Luiz Fernando (14ª DIREC - Umarizal).

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Governo do RN convoca 208 professores efetivos aprovados no concurso 2015

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação e da Cultura, realiza a convocação de 208 professores para compor o quadro efetivo da rede estadual de educação. A lista dos convocados está publicada na edição do Diário Oficial do RN deste sábado (15). 

São professores de pedagogia, arte, arte-música, libras, educação física, ensino religioso, física, geografia, história, espanhol, inglês, português, matemática, química, biologia, sociologia e filosofia que atuarão nas 16 Diretorias Regionais de Educação e da Cultura (Direcs). Com a publicação chega a um total de 4.408 o números de profissionais convocados desde o início de 2015.

Os convocados foram selecionados no concurso que teve início no mês de novembro de 2015, quando foi publicado o edital com 1.400 vagas, sendo 1.226 das vagas para professor de diversas áreas e 174 para suporte pedagógico. 

Os candidatos terão trinta dias, a partir desta publicação, para se apresentarem nas Direcs para as quais os aprovados se inscreveram com a documentação exigida no Edital 001/2015 SEARH-SEEC/RN.

Os candidatos devem no ato de apresentação portarem os seguintes exames médicos necessários: atestado de sanidade mental, válido por trinta dias; hemograma; glicemia em jejum; sumário de urina com sedimentoscopia; parasitológico de fezes. Esses documentos têm que ter a validade de 90 dias. As candidatas gestantes devem apresentar laudo de ginecologista atestando estarem isentas dos exames de radiologia. Os professores devem também portarem com validade de 6 meses documentos de eletrocardiograma com parecer de um cardiologista, e o raio x do tórax em PA e Perfil com laudo de um radiologista. 

Os candidatos com idade igual ou superior a 45 anos do sexo masculino devem apresentar dosagem PSA; citologia oncótica para candidatos do sexo feminino, com parecer de médico ginecologista; mamografia para o sexo feminino com idade igual ou superior a 45 anos com parecer de médico mastologista.  

Também estão sendo exigidos dos candidatos o diploma de conclusão de curso com habilitação para o cargo, devidamente registrado por órgão competente, e os documentos pessoais: cópia de cédula de identidade, cópia de cadastro de Pessoa Física – CPF, comprovante de residência, cópia do título de eleitor e declaração de quitação eleitoral, cópia da certidão de reservista (sexo masculino), cópia de CTPS – Carteira de Trabalho e Previdência Social (página com foto – frente e verso e todos os contratos de trabalho assinado  e a seguinte em branco, cópia do PIS ou PASEP, cópia de certidão de nascimento ou casamento, atestado de saúde ocupacional habilitando o candidato para o exercício do cargo expedido por Junta Médica Oficial. 

Deve também apresentar o número da conta bancária e agência em nome do titular da conta (conta do Banco do Brasil), certidão negativa de antecedentes criminais expedidas pelas Justiça estadual e federal, assim como, pela Polícia Civil da localidade em que o candidato possuir residência nos últimos cinco anos, e cópia da carteira de inscrição no Conselho Regional de Educação Física para os convocados de Educação Física.

INSPEÇÃO MÉDICA ADMISSIONAL

Os convocados devem procurar a Comissão Permanente de Inspeção Médica Oficial, situada na sede da SEARH/RN, Centro Administrativo do Estado- BR 101, Km 0, Lagoa Nova –CEP: 59064-901- Natal/RN, para agendar atendimento através do telefone (84) 3232-1022, no horário de 8h às 12h.

Abaixo os links com a listagem dos convocados:

sexta-feira, 14 de julho de 2017

PROVA DO CONCURSO PARA AGENTES PENITENCIÁRIOS SERÁ DOMINGO

A prova escrita objetiva do concurso público para preenchimento de 571 (quinhentas e setenta e uma) vagas para o cargo de Agente Penitenciário – Nível I da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte (Sejuc) – será aplicada neste domingo (16), em Natal e Mossoró. No total, 14.049 candidatos estão habilitados, sendo 9.228 do sexo masculino e 4.761 do feminino.
A prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, será composta por 100 (cem) questões, distribuídas nas seguintes disciplinas: Administração Pública; Direito Administrativo; Direito Constitucional; Direito Penal; Direitos Humanos e Tratamento Penal; Regime Jurídico, Estatuto dos Servidores, Estatuto dos Agentes Penitenciários do Rio Grande do Norte; Ética Profissional; Informática; Lei de Execução Penal e Língua Portuguesa e Redação Oficial.
Estão sendo destinadas 451 (quatrocentas e cinquenta e uma) vagas para o sexo masculino e 120 (cento e vinte) ao sexo feminino.  O concurso visa selecionar candidatos com atributos intelectual, físico, psicológico e social necessários ao desempenho das atividades do cargo de Agente Penitenciário – Nível I.
O concurso será realizado em seis fases: prova escrita objetiva de múltipla escolha; teste de aptidão física; avaliação de aptidão psicológica vocacionada; exame toxicológico; investigação social do candidato e Curso de Formação de Agente Penitenciário - a ser realizado pela Escola Penitenciária do Estado do Rio Grande do Norte.
As informações sobre os locais de provas, bem como os cartões de confirmação dos candidatos estão disponíveis no site do Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional – IDECAN:http://www.idecan.org.br/

segunda-feira, 3 de julho de 2017

12ª DIREC OFERECERÁ CURSINHO PREPARATÓRIO PARA O ENEM


A 12ª Direc vai disponibilizar um cursinho que visa preparar os alunos da rede estadual de ensino para as provas do ENEM. O projeto prevê o funcionamento no período de julho a outubro.

 A AULA INAUGURAL DO CURSINHO ACONTECERÁ NESTA SEXTA-FEIRA, ÁS 14H30, NO TEATRO MUNICIPAL DIX-HUIT ROSADO.

O cursinho é considerado como uma estratégia de ensino e aprendizagem que estimule e incentive os alunos a permanecerem na escola e, consequentemente, melhorar os índices de aprovação do Rio Grande do Norte e no ENEM. A meta do cursinho é conseguir aprovar no mínimo 50% dos alunos dos inscritos.

As aulas serão realizadas aos sábados, no turno matutino, para 220 alunos. Haverá dois locais para as aulas: 120 inscritos assistirão aulas na Escola Estadual Abel Coelho e 100 estudantes no auditório da 12ª Direc.

O conteúdo programático do cursinho é elaborado pela equipe pedagógica do ensino médio da 12ª DIREC e equipe de professores que ministrarão as aulas. Os professores são da rede estadual de ensino, a maioria com experiências em cursinhos preparatórios para o ENEM e um interprete em libras para auxiliar os alunos surdos na preparação para o ENEM.

Entre os critérios para inscrição no cursinho, será exigido: média 6,0 em todas as disciplinas, frequência acima 90% e está inscrito no ENEM.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Parceria entre SEEC e Fundação Telefônica Vivo leva formação a educadores do RN

O projeto Inova Escola, feito pela parceria da Secretaria da Educação do RN com a Fundação Telefônica Vivo, está realizando formação continuada para educadores e gestores em todas as regiões do Estado. Nesta segunda-feira (26) e na terça (27) acontece a Formação Continuada no módulo introdutório para gestores e educadores de escolas jurisdicionadas a 2ª Diretoria Regional de Educação e Cultura (2ª Direc), compreendendo municípios da Região Metropolitana e do Agreste. A Formação ocorre no auditório da Escola Estadual Presidente Roosevelt, em Parnamirim. Os participantes do evento estão sendo capacitados para atuarem como multiplicadores em suas escolas.

O projeto Inova Escola é uma iniciativa que visa promover formação de educadores, de forma on-line e presencial, e plataformas de melhorias na gestão escolar. O projeto leva aos municípios conteúdos sobre novas formas de aprendizagem e uso de recursos tecnológicos como aliados nesse processo.

O Inova Escola trabalha seis eixos dentro da perspectiva de estimular o desenvolvimento de projetos e práticas de inovação educativa no ambiente escolar com reflexos na sociedade: personalização; projeto de vida; papel do professor; recursos tecnológicos; espaços diferenciados; e gestão inovadora. “A receptividade está sendo muito boa e temos observado a grande participação de educadores de todas as regiões. Os professores são ávidos para aprender e mesmo estando em período de recesso, participam da formação mostrando comprometimento com a Educação”, afirma o professor João Maria de Lima, coordenador da formação.

“O projeto está utilizando uma metodologia interessante que motiva o pessoal a interagir. As escolas estão precisando muito de motivação. Esses momentos de formação são ricos e contribuem também para animar os educadores”, afirma a pedagoga Edjane Pinheiro, participante da formação na Escola Estadual Presidente Roosevelt.

No total, 199 escolas do Estado serão contempladas pelo Inova Escola. Entre elas, escolas de ensino fundamental – incluindo as que têm ensino em tempo integral -, ensino médio e algumas com Educação de Jovens e Adultos (EJA). De acordo com a coordenadora dos Órgãos Regionais de Educação, Rosângela de Oliveira, o Inova Escola está formando 920 pessoas, entre gestores, coordenadores pedagógicos, professores e funcionários do Conselho Escolar.

DIRECS

A formação promovida pela SEEC em parceria com a Telefônica Vivo já chegou a escolas de 11 Direcs reunindo educadores de várias regiões do Estado nos municípios de Umarizal, Pau dos Ferros, Apodi, Mossoró, Assu, Caicó, Currais Novos, Natal e Parnamirim. As atividades nas demais Direcs acontecerão a partir do dia 11 de julho, ao término do recesso escolar. A parceria também é destinada às escolas da rede municipal de ensino. O processo nos municípios está em fase de inscrições e deve ser iniciada no próximo semestre.

METODOLOGIA

Os conteúdos são desenvolvidos a partir de uma estrutura de oficinas presenciais que permitem aos participantes a compreensão dos temas como repensar o papel do professor; gestão inovadora, tendo em vista que os profissionais da escola não são os únicos responsáveis pela aprendizagem dos jovens.

Outro tema abordado pelo Inova Escola é a personalização, levando em consideração que cada estudante é único e merece a chance de traçar o próprio caminho de aprendizagem. Os espaços diferenciados também são abordados nessas oficinas, tendo em vista que sala de aula não precisa estar organizada ao redor do professor, mas ser repensada de forma a facilitar a aprendizagem.

O projeto de vida de cada aluno também é tema fundamental na formação dos educadores. De acordo com os organizadores do projeto, o estudante deve ter espaço e apoio para dedicar-se aos seus interesses e objetivos de vida. A tecnologia já é parte da realidade dos alunos. Dessa forma, o Inova Escola tem o papel de trazê-la como aliada e ferramenta para a aprendizagem.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

12ª DIREC BUSCA SOLUÇÃO PARA GARANTIR ACESSO À EDUCAÇÃO AOS ALUNOS DA ESCOLA ALPHAVILLE, EM MOSSORÓ.


A 12ª Direc está empenhada em resolver o mais rápido possível a situação dos alunos da rede estadual matriculados na Escola Estadual Alphaville, em Mossoró.

A escola funciona num prédio de propriedade de uma pessoa física alugado pelo Governo do Estado e recentemente o Ministério Público da Educação identificou a inexistência da acessibilidade no local, determinando a imediata construção dos acessos em conformidade com a legislação.

Em reunião recente com a presença do Ministério Público, o Governo do Estado informou que não tem como custear a obra em razão de ser propriedade privada e a dona do imóvel justificou que não tem condições financeiras de bancar a reforma.

Diante do impasse, a 12º DIREC propôs transferir alunos, funcionários e professores da referida escola para outros dois estabelecimentos de ensino (E.E. Antônio Gomes e E.E. Cunha da Mota) que ficam próximos a Escola Alphaville, ambas com disponibilidade em receber toda essa demanda.

Indagado sobre o posicionamento do Ministério Público, o promotor Guglielmo Marconi Soares de Castro  informou que “o MP não tem nada a opor em relação à proposta de mudança da referida escola para outro prédio, dotado de acessibilidade, ou no qual sejam realizadas as adequações necessárias em prazo razoável, ressalvada a necessidade de acompanhamento do assunto pela Promotoria da Educação, a fim de assegurar que eventuais transferências sejam realizadas de maneira a viabilizar o exercício do direito fundamental de acesso à educação”.


A Direção da DIREC explica que adotou a solução da transferência em consonância com o Ministério Público e que seu objetivo é dar solução ao problema uma vez que o impasse geraria uma indefinição de longo prazo,  considerando que a proprietária do imóvel revela que não tem condições de realizar as adequações solicitadas pelo Ministério Público e nem o Estado tem aval da legislação para efetuar a obra em prédio particular.




segunda-feira, 5 de junho de 2017

Crianças potiguares terão reforço em seu processo de alfabetização

A alfabetização das crianças potiguares acaba de receber um importante reforço. Na tarde desta sexta-feira (2), os secretários de Educação dos Estados do Rio Grande do Norte e Ceará, Cláudia Santa Rosa e Antônio Idilvan de Lima Alencar, respectivamente, assinaram um Termo de Cooperação Técnica que resultará na elaboração e implementação de estratégias para melhorar a alfabetização das crianças do RN. 

Na ocasião, foi lançado o Projeto de Alfabetização e Letramento (PROALE), que integra o Pacto pela Alfabetização dos Potiguares (PactoAlfa), iniciativa que tem por objetivo contribuir para o combate ao analfabetismo que ainda atinge mais de 400 mil norte-rio-grandenses.   A parceria entre os dois estados gira em torno de uma política pública bem sucedida, executada pelo Governo do Ceará desde 2007 e que mudou os índices de analfabetismo daquele estado. 

Trata-se do Programa de Alfabetização na Idade Certa (PAIC) que tem a finalidade de apoiar os municípios para alfabetizar os alunos da rede pública de ensino até o segundo ano do ensino fundamental. Para isso, oferece aos municípios formação continuada de professores, apoio à gestão escolar, entre outros aspectos.  A partir da assinatura desse convênio, o estado do Ceará irá disponibilizar todos os direitos autorais para utilização do material do PAIC. 

Dessa forma, a Secretaria de Educação do RN está apta a reproduzir e distribuir o material estruturado. Além disso, receberá consultoria e formação para professores. Para o secretário de Educação do Ceará, Antônio Idilvan, essa parceria é muito importante e deve contar com a colaboração dos gestores municipais. “No Ceará, os 184 municípios, independente de cor partidária, assinam o pacto de cooperação todos os anos, durante esses dez anos do PAIC. Isso é fundamental para os resultados finais”, declarou. 

O secretário informou que o estado do Ceará possui 450 mil alunos na rede pública, distribuídos em 716 escolas. No entanto, 96% da rede é composta por alunos de ensino médio. Mesmo assim, existiu uma preocupação com o ensino fundamental, quando visualizaram o cenário do analfabetismo no estado. “Fizemos um diagnóstico e identificamos e percebemos que era uma situação de calamidade pública. Isso mudou a nossa forma de pensar”, afirmou o secretário do Ceará. 

A secretária de Educação do RN, professora Cláudia Santa Rosa declarou que está entusiasmada com a parceria e que acredita na possibilidade de mudar o cenário da alfabetização no Rio Grande do Norte. “Se foi possível no Ceará, por que não será possível aqui? Serei eternamente inconformada se a gente não atingir um patamar como esse do Ceará. Estamos inspirados com essa política e nos sentimos honrados com a parceria”, afirmou. 

PROALFA 
A titular da SEEC informou que nas próximas semanas será lançado o Pacto pela Alfabetização dos Potiguares (PactoAlfa), iniciativa que tem por objetivo contribuir para o combate ao analfabetismo que ainda atinge mais de 400 mil norte-rio-grandenses.  
Trata-se de um pacto entre prefeituras, federações, Sistema S, Poder Legislativo, igrejas, entre outras instituições. “Existe muita gente articulada pensando na alfabetização não só de crianças, mas de idosos também. Estamos num estado com mais de 400 mil analfabetos, uma chaga social que precisamos combater. 
Primeiro na infância e também com os idosos. Hoje, 40% dos analfabetos tem mais de 60 anos”, declarou. A secretária Cláudia informou que o PactoAlfa vem sendo trabalhado há um ano e possui cinco projetos, entre eles o PROALE, apresentado na tarde de hoje. 

PROALE 
Durante o evento de hoje, a subcoordenadora de Ensino Fundamental, Lúcia Soares apresentou as diretrizes do Projeto de Alfabetização e Letramento (PROALE). Trata-se de um projeto que tem como propósito garantir os direitos a alfabetização, ao letramento e a alfabetização matemática de qualidade para os estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental. 
O PROALE será desenvolvido em todas as escolas da rede estadual e das escolas da rede municipal em regime de colaboração, para atender a estudantes e professores do 1º ao 5º anos, bem como os coordenadores pedagógicos.  Para isso, irá realizar a formação da Equipe de Formadores; a formação dos coordenadores e professores alfabetizadores; criar a rede de professores alfabetizadores do RN e acompanhar e monitorar o desempenho dos professores alfabetizadores à frente do Ciclo de Alfabetização 1º, 2º e 3º anos. 
Essa ação se dá por meio de formações presenciais e a distância, na qual a Secretaria de Educação, Direc, escolas e SME deverão estar articuladas para realização do processo formativo dos técnicos, coordenadores e professores atuantes nas escolas e salas de aulas. PAIC O evento contou ainda com a exposição sobre a estrutura didática pedagógica do material do Programa de Alfabetização na Idade Certa – PAIC. 
Na ocasião, a professora e co-autora do programa, Amália Simonetti e o professor Márcio Pereira de Brito, da Coordenadoria de Cooperação aos Municípios do Estado do Ceará, detalharam a proposta. Segundo Márcio, o PAIC possui quatro eixos, são eles o material estruturado, formação, avaliação e gestão. “Estamos entusiasmados com essa experiência e completamente dispostos a cooperar”, declarou Márcio.  

TELEFÔNICA VIVO
 Além do convênio com o estado do Ceará, outra parceria foi apresentada durante o evento. Dessa vez com a Fundação Telefônica Vivo. Na ocasião, a gerente do Projeto Frente de Articulação com Políticas Públicas realizado em parceria com a Fundação Telefônica Vivo, Beatriz Faia, tal apoio consiste em formação de educadores, de forma on-line e presencial e plataformas de melhorias na gestão escolar.
 “O Inova Escola é um projeto de formação em parceria com as organizações executoras que levam aos municípios conteúdos sobre novas formas de aprendizagem e uso de recursos tecnológicos como aliados no processo de aprendizagem”, afirmou. Beatriz explicou que serão oferecidas 1.680 vagas para educadores e que os conteúdos são desenvolvidos a partir de uma estrutura de oficinas presenciais que permitem aos participantes a compreensão dos temas sugeridos como o papel do professor, gestão inovadora, personalização, espaços diferenciados, projeto de vida e recursos tecnológicos.  

Resultado final do processo seletivo simplificado para professor temporário


A Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do RN torna público o resultado final do processo seletivo simplificado para cadastro reserva, referente ao Edital 001/2017, para professor temporário para o Sistema Prisional, Educação Profissional e Unidades Escolares para as 16 Diretorias Regionais de Educação – Direcs.

 Confira os resultados: 

Resultado final do eixo UNIDADES ESCOLARES, clique :
https://drive.google.com/file/d/0Bz1NBlbOs4y6R19hRHlPRWJnTkE/view


Resultado final do eixo prisional, clique abaixo:
https://drive.google.com/file/d/0Bz1NBlbOs4y6QXNTa0hYSS16Ums/view

Resultado final para O EIXO PROFISSIONAL, clique abaixo:
https://drive.google.com/file/d/0Bz1NBlbOs4y6dzlVTlMwemQ3Y3c/view

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Governo do RN irá repassar mais de 6 milhões para projetos em 158 Escolas do Estado

O governador do Estado, Robinson Faria, assinará hoje convênio para repasse de recursos do Projeto de Inovação Pedagógica (PIP). Para a edição de 2017, o valor é de mais de R$ 6 milhões e beneficiará 158 Escolas Estaduais. O evento contará com a presença dos diretores das DIRECs, técnicos e gestores envolvidos no PIP e acontece hoje, segunda-feira (29), às 10h, no auditório máster da Escola de Governo.
Os recursos dessa ação estão previstos no segundo componente de atuação do Projeto Governo Cidadão que contempla a melhoria dos serviços públicos. O montante que cada escola irá receber variam entre R$ 30 mil e R$ 45 mil (ver quadro abaixo).
O apoio técnico, pedagógico e financeiro a Projetos de Inovação Pedagógica apresentados pelas escolas possibilita o fortalecimento dos processos educacionais e de aprendizagem para os estudantes de 4º, 5º e 6º ano do Ensino Fundamental e 1ª série do Ensino Médio. “Todos os projetos foram produzidos pela própria escola e visam contribuir para resolução de problemáticas e melhoria da aprendizagem através de propostas. Nas unidades escolares contempladas, serão realizados acompanhamentos in loco pelos orientadores do PIP, bem como o monitoramento sistemático (à distância e presencial) durante todo ano letivo” disse a Secretária de Educação, Cláudia Santa Rosa.
Sobre o PIP
O PIP – Projeto de Inovação Pedagógica é um projeto desenvolvido pela Secretaria de Educação com apoio do Governo Cidadão e acompanhamento do Banco Mundial previsto no acordo de empréstimo.
O processo de escolha das escolas selecionadas se deu através de sorteio na presença Diretores e Técnicos Pedagógicos de cada Diretoria Regional de Educação, representantes do Tribunal de Contas do Estado, representante do Banco Mundial e da Secretaria de Educação e Cultura.
A seleção iniciou com 171 escolas. Dessas, 165 submeteram seus projetos para análise e 158 foram aprovadas, de acordo com os critérios de elegibilidade constantes no Edital de seleção dos Projetos, para receber apoio técnico, pedagógico e financeiro.
Os recursos destinados à execução dos Projetos de Inovação Pedagógica (PIP), serão liberados em única parcela, obedecendo o quadro abaixo: 
Escolas
Parâmetro
Recursos
1 turma
R$ 30.000,00
R$ 30.000,00
2 turmas
R$ 30.000,00 + 20%
R$ 36.000,00
3 turmas
R$ 30.000,00 + 30%
R$ 39.000,00
4 turmas
R$ 30.000,00 + 40%
R$ 42.000,00
5 turmas ou mais
R$ 30.000,00 + 50%
R$ 45.000,00



quarta-feira, 24 de maio de 2017

Estudantes de Baraúna recebem premiação em Los Angeles

Estudantes de Baraúna recebem premiação em Los Angeles

Após serem destaque na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), os estudantes Marcelo Abraão de Melo Ramalho e Beatriz da Costa Dantas, da Escola Estadual João Abreu de Melo, da cidade de Baraúna, foram premiados na maior feira internacional de ciências, a INTEL ISEF, em Los Angeles, na Califórnia, Estados Unidos. O projeto Madeco Sabugosa, orientado pela professora Priscilla Raquel Gurgel Rodrigues, inova com madeira ecológica feita com a reutilização do sabugo e da palha do milho. O evento internacional aconteceu entre os dias 15 e 19 deste mês.

Para Marcelo, estar na INTEL ISEF foi a concretização de um sonho. “Tivemos a oportunidade de conhecer pessoas do mundo inteiro e mesmo não sabendo nos comunicar no idioma deles, adquirimos muito conhecimento. Foi uma satisfação poder representar meu país e minha cidade, Baraúna. Além disso, pude levar o nome da minha família, dos meus pais que são pessoas tão batalhadoras”, declarou Marcelo.

Sua companheira de projeto, a estudante Beatriz Dantas disse que nenhuma palavra seria capaz de definir a emoção daqueles momentos. “Foi uma experiência única. Ir aos Estados Unidos para representar nosso país, nosso estado, cidade e nossa escola é algo maravilhoso. É algo tão diferente em nossas vidas que ainda não consigo descrever a sensação”, afirmou Beatriz.

Segundo a professora Priscilla Gurgel, a trajetória dos jovens de Baraúna até chegarem em Los Angeles durou um ano. Tudo começou com a Feira de Ciências da escola, na qual 10% dos projetos são selecionados para a etapa posterior. Em seguida, o projeto foi aprovado para a feira de ciências da Ufersa. “Tínhamos um sonho de ganhar uma credencial para Febrace, em São Paulo. Foi uma vitória muito grande, um feito inédito na cidade. A intenção não era só beneficiar Marcelo e Beatriz, mas que isso tivesse uma expressão a ponto de motivar professores e outros alunos”, disse a professora.

Ao chegar na Ufersa, os estudantes receberam a tão sonhada credencial para a Febrace. “Lá eram mais de 300 projetos dos alunos das melhores escolas brasileiras. Foi muito importante. E lá, conseguimos ser selecionados para a feira internacional”, explicou.

Segundo a professora, Marcelo e Beatriz sempre foram bons alunos e já davam sinais de que iriam trilhar um bom caminho. “Eu já sabia que um dia eles entrariam na Universidade. São jovens da Zona Rural, moram num local afastado da cidade, mas em nenhum momento pensaram em desistir do projeto. São alunos maravilhosos e perseverantes. A ideia foi deles, o protagonismo é todo deles. Meu único papel foi abrir os caminhos para que eles fizessem o que já sabiam fazer”, declarou.

ESTÍMULO

“Eu nem sei se esses meninos sabem descrever o que viveram. Foi uma abertura de horizontes”, declarou a professora Priscilla. Segundo ela, a iniciação científica é um passo muito importante na utilização do conhecimento do aluno. “Muitas vezes ele está aprendendo coisas que não sabe como aplicar. Quando esse conhecimento passa a ser aplicado as portas se abrem e o resultado é esse”, afirmou. Para a orientadora de Marcelo e Beatriz, o resultado atingiu diretamente os dois alunos idealizadores do projeto. Mas, indiretamente, a escola, a região, a zona rural e toda a Educação do RN ganharam com esse feito.

A professora disse que pretende continuar trabalhando na iniciação científica, independente de premiações. “Sempre trabalhei com meus alunos como se todos os dias pudéssemos alcançar alguma coisa. Continuo estimulada a trabalhar, dar novos horizontes para todos os meus alunos. Minha honra é profissional. Não ganhei nada material, mas ganhei um estimulo maior, para continuar acreditando na nossa Educação”. declarou.

EXPERIÊNCIA

A INTEL ISEF é a maior feira científica do mundo e, na mais recente edição, participaram alunos de 78 países. Segundo Priscilla, foram mais de 1400 projetos de mais de 1700 estudantes. “Era um cenário muito difícil para um nordestino da zona rural de Baraúna, sem tecnologia de ponta. Existiam coisas lá que nós nunca havíamos visto aqui no Nordeste. Quando chegamos que nos deparamos com aquela realidade, ficamos assustados”, disse.

Priscilla informou que Marcelo e Beatriz passaram por um treinamento para apresentar o projeto em inglês e também passaram por uma banca de avaliadores específicos. “Ser premiado é muito difícil e muito honroso. Numa escala maior, a Educação do RN ganha com isso e numa escala menor, todos da nossa escola”, disse Priscilla.

PROJETO

O projeto desenvolvido, "Madeco Sabugosa", é uma madeira ecológica oriunda principalmente da reutilização do sabugo e da palha do milho, onde está tem boa resistência, alta capacidade de impermeabilidade e viabilidade de produção. Desenvolvida com o objetivo de dar-se um destino aos resíduos provenientes do milho, visto que o Brasil é um dos grandes produtores de milho, e parte de sua produção é composta pelo sabugo e pela palha, que não apresentam um destino fixo, sendo muitas vezes queimados, servindo de pastagem ou descartados no campo de plantação. Para amenizar os problemas, tanto o desmatamento, quanto o acúmulo de ‘‘lixo vegetal’’ formados pelos resíduos do milho, desenvolvemos a Madeco Sabugosa.

Fotos: Mostratec

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Educadores do Ensino Fundamental iniciam curso sobre gestão e aprendizagem


Professores de todas as regiões do Estado participam desde quinta-feira (4) da 1ª Formação do Programa Gestão para Aprendizagem, uma ação da Secretaria de Estado da Educação em parceria com a Fundação Lemann. Reunidos no Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy, em Lagoa Nova, os educadores que atuam no Ensino Fundamental estão conhecendo técnicas e abordagens inovadoras que visam à melhoria na qualidade do ensino.

A secretária de Educação do RN, professora Cláudia Santa Rosa, participou do acolhimento dos participantes da formação na manhã desta sexta-feira. “A Fundação Lemann, por meio dos seus profissionais, dará a todos nós a oportunidade de avançarmos de forma mais rápida e eficiente na melhoria do ensino, sem termos que gastar nenhum recurso, contando com o investimento da fundação em nosso Estado”.
No Rio Grande do Norte, a parceria da SEEC com a Fundação Lemann atende, inicialmente, 141 escolas de Ensino Fundamental com atividades abordam temas como gestão, área pedagógica e formação. O público alvo destas formações são gestores e coordenadores pedagógicos e técnicos da Rede Estadual de Educação.

Esse trabalho tem despertado o interesse dos professores da Rede Estadual, como conta a professora Karla Freire, professora da Escola Estadual Miguel Monteiro, localizada em Parazinho, localizada na 16ª Diretoria Regional de Educação e Cultura (João Câmara). “Planejar o Ensino Fundamental é valorizar o início dos estudos dos nossos alunos. Quero parabenizar a Secretaria de Educação pela parceria e pela preocupação com a formação dos professores”, disse a professora.

Com uma duração que pode chegar aos três anos, o programa busca promover no maior número de escolas um impacto positivo. Os educadores passarão por dois anos de curso com ações presenciais e a distância. As atividades seguem até o final da tarde desta sexta-feira (5).